Quando pensamos em Setúbal, pensamos logo em mar, natureza, praias, peixe e … choco frito, claro! E é isso tudo e muito mais do que isso!

Uma das mais belas baías do Mundo

Setúbal faz parte do Clube das Mais Belas Baías do Mundo, desde 2002. A Serra da Arrábida, o Estuário do Rio Sado e a Península de Tróia dão a esta baía um enquadramento deslumbrante.
A Serra da Arrábida é um verdadeiro paraíso! Basta fazer um passeio para ficar rendido às suas lindíssimas paisagens. Inserida no Parque Natural da Arrábida partilha vários tesouros como o Portinho, o Convento, a Anicha, grutas e muito mais. As praias de água límpida e areia branca são das melhores do país, e não só, pois a praia de Galapinhos foi considerada, em 2017, a melhor praia da Europa, pelos votantes do concurso levado a cabo pela European Best Destinations.
E eu concordo pois, quanto a mim, é realmente uma das melhores praias da região apesar de lá não ir há muitos anos, uma vez que o acesso a quem se desloca em cadeira de rodas é impossível, infelizmente! Muito perto, temos a praia da Figueirinha, essa sim, com todas as condições para pessoas com mobilidade reduzida e igualmente fantástica!

Parques da cidade

Se quer conhecer um pouco a cidade vá até ao Parque do Bonfim e entretenha-se com as bem dispostas personagens dos Pasmadinhos. São réplicas enormes das peças de cerâmica, da autoria de Maria Pó, inspiradas em figuras características da cidade. Descubra-as! são encantadoras.

Se prefere estar mais próximo do rio e avistar Tróia, opte pelo Parque Urbano de Albarquel. Aqui, vai encontrar uma zona verde e de lazer muito agradável, óptima para passear, praticar desporto ou relaxar e com todas as condições necessárias de acessibilidades.

Centro Histórico / Baixa de Setúbal

O Centro Histórico de Setúbal onde se podem, ainda, visitar alguns vestígios das muralhas, da época medieval, as suas torres, portas, cortinas e baluartes, proporciona-nos um passeio rico e cheio de curiosidades.

É, quase todo, em área plana e com passeios rebaixados, tornando-se, por isso, bastante fácil para quem tem dificuldade em andar ou se desloca em cadeira de rodas. Claro que é praticamente todo em calçada portuguesa existindo, no entanto, algumas áreas de circuitos pedonais que facilitam a deslocação como, por exemplo, a placa central da Avenida Luísa Todi, a principal avenida da cidade, com muitos pontos de interesse.

A Baixa de Setúbal, após alguns anos adormecida, é, neste momento, um local muito agradável e com grande dinâmica de comércio, esplanadas e muita animação. O Largo Dr. Francisco Several, mais conhecido por Largo da Ribeira Velha, é um bom exemplo disso.

Ao passar pela Praça do Bocage, o poeta da cidade, repare no edifício dos Paços do Concelho, que pode visitar assim como a Casa da Cultura, um espaço moderno onde poderá assistir a espectáculos, tertúlias, exposições ou aproveitar para tomar algo, no pátio, antes de seguir caminho. Tudo acessível, claro!

Passe, também, pelo Fórum Luísa Todi, a sala de espectáculos da cidade, pois pode ser que tenha sorte e que encontre o seu programa favorito. Quando terminar, suba ao último andar do edifício e beba um copo no elegante Roof 61, ouça boa música e espante-se com a vista deslumbrante da cidade.

Em frente, do outro lado da Avenida, entre na Biblioteca Municipal e, mesmo que não tenha tempo para se perder num livro, aprecie o espaço.

Visite a Casa do Bocage com uma exposição alusiva ao poeta, à sua obra e ao seu percurso, e onde vai poder deliciar-se com o espólio do fotógrafo Américo Ribeiro que retrata a realidade da cidade ao longo do século passado.

Muito próximo, não pode perder o Museu do Trabalho Michel Giacometti, um espaço dedicado ao mundo do trabalho. Fica numa antiga fábrica de conservas de peixe o que proporciona uma visita muito curiosa pois fica-se a perceber como funcionava a indústria conserveira, tão característica desta cidade. Aí, encontra ainda uma antiga mercearia de Lisboa, doada à Câmara Municipal de Setúbal pelos antigos proprietários, e que foi reconstituída tendo em conta todos os pormenores da original, o que nos transporta a alguns anos atrás!!

Centro de informação Casa da Baía

Para conhecer a baixa da cidade existem circuitos definidos, e com audio guias, que pode requisitar na Casa da Baía e de onde poderá partir à descoberta. Estes circuitos não são totalmente acessíveis, no entanto, o município está muito empenhado na questão das acessibilidades, estando a desenvolver um roteiro próprio.

Na Casa da Baía, encontra-se um centro de informação e promoção turística da região que fica situado num edifício da primeira metade do século XVIII. Aqui, vai poder usufruir de um área, completamente adaptada, com um espaço vínico, produtos da região, uma cafetaria e um pátio, acolhedor, onde vai querer passar um bom bocado.

Mercado do Livramento

De certeza que já ouviu falar de um dos melhores mercados do mundo, sim, um dos melhores, segundo o USA Today, e eu concordo, claro! O espectacular Mercado do Livramento! Famoso pelo peixe fresco mas onde se pode deliciar com todo o tipo de produtos supostos encontrar num mercado. É, também, muito visitado pelo seu, lindíssimo, painel de azulejos novecentista. O mercado é totalmente acessível!

Moinho da Maré

Se gostava de conhecer um moinho de maré tem, mais a nascente da cidade, o da Mourisca . Enquadrado na Reserva Natural do Estuário do Sado e com uma enorme biodiversdade de aves este é um local muito procurado pelos amantes de observação de aves. Existe, ainda, a possibilidade de sair de barco pelo Estuário, podendo encontrar uma enorme diversidade de espécies e a identificação de uma grande variedade de habitats. Não é totalmente acessível, pois não tem casa de banho adaptada, mas dá para visitar.

Enoturismo – Adegas Azeitão

A caminho da Serra pode optar por uma passagem pela pitoresca Vila de Azeitão, apreciar as suas bonitas quintas e caves e provar os deliciosos produtos regionais: queijo e os, famosos, “esses” e tortas de Azeitão. Ah, claro, acompanhados de um Moscatel de Setúbal!
Pertencendo à Rota de Vinhos da Península de Setúbal deixo duas sugestões para uma visita e prova do excelente vinho da região:

A Adega/Museu Bacalhôa além da visita, prova de vinhos e várias exposições, proporciona também, a visita ao Palácio da Bacalhôa. Com um enquadramento histórico que teve início com os fundadores da Dinastia de Avis, aqui pode apreciar a arquitectura, a decoração e a beleza do Palácio e dos seus jardins. Tem rampa de acesso para a entrada do Museu e, dentro, todos os pisos são planos. Existe casa de banho adaptada e estacionamento no próprio parque.

A Casa Museu José Maria da Fonseca  fica num edifício do início do Século XIX, que pode visitar e ficar a conhecer a sua história, podendo, claro, disfrutar da degustação dos vinhos aí produzidos, bem como uma experiência gastronómica dos produtos da região. Trata-se de um edifício antigo, onde a acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida é limitada e feita por percurso alternativo, não havendo, no entanto, casa de banho adaptada.

Onde Comer:

Deixo aqui duas opções em que as condições de acessibilidade estão garantidas:

O Miguel, para quem gosta de peixe e marisco. Fica junto à Doca dos Pescadores, na Avenida José Mourinho, nº16.

No De Pedra e Sal aproveite para desfrutar da acolhedora esplanada e prove o delicioso bife na pedra de sal. Fica no Largo Dr. Francisco Soveral, nº10.

Onde Ficar

O Hotel do Sado Business & Nature é uma excelente opção considerando que, além de quartos para pessoas com mobilidade condicionada, está ainda preparado para clientes com alergias.

A Casa do Largo – Pousada da Juventude, fica no centro da cidade e é uma opção mais descontraída. É um espaço alegre, com um quarto adaptado no piso superior, com acesso por plataforma.

Consulte aqui o mapa com todos os pontos de interesse referenciados, assim como os lugares de estacionamento para pessoas com mobilidade condicionada. Estes lugares não são tarifados se apresentar o dístico de pessoa com deficiência, segundo o Regulamento Municipal de Estacionamento Público Tarifado e de Duração Limitada do Concelho de Setúbal.

JustGo!!

Author

2 Comments

    • Sofia Reply

      Obrigada pela força, Sofia e Nuno. Também sigo a vossa fantástica viagem.

Write A Comment

error: Content is protected !!