Esta semana chegou-nos a notícia de que Portugal tinha recebido a distinção de melhor destino turístico acessível do Mundo, pela Organização Mundial de Turismo, o que gerou grande polémica, principalmente, junto de pessoas que, como eu, têm alguma mobilidade reduzida e que se deslocam em cadeiras de rodas.

Mas, se lermos o significado deste prémio, percebemos que o que se está a destacar é o esforço que se tem feito nos últimos anos para melhorar as acessibilidades e tornar Portugal um país adaptado a todas as pessoas. E é aqui que eu considero que muita coisa tem sido feita pois, efectivamente, é o que reparo quando saio à rua. Claro que ainda há muito a fazer!

Turismo Portugal was awarded the first international distinction of Accessible Tourism Destination (ATD2019), launched by UNWTO and the ONCE Foundation to recognize those destinations that are making laudable efforts so that they can be enjoyed by all tourists, regardless of their physical, sensory or cognitive abilities. In the last decade, Portugal has made outstanding efforts to make its tourism infrastructure, services and products more accessible nation-wide.

Portugal não é o país mais acessível do mundo mas está ao nível de muitos outros.

Com as viagens que tenho feito, consigo perceber que não há um país livre de obstáculos e de barreiras arquitectónicas! No ano passado, estive em Berlim e sim, de facto, é uma cidade muito cuidada a esse nível e pensada para todos, no entanto, isso não a torna completamente acessível.

Temos este ano 215 zonas balneares acessíveis em Portugal . Não são perfeitas? Não! Não são todas? Não! Lá chegaremos ! Quando tive o acidente e comecei a utilizar a cadeira de rodas não havia nenhuma! O Programa Praia Acessível começou em 2005 com 45 praias! Eu só descansarei quando forem todas, mas parece-me que foi este esforço que foi premiado!

Há uns anos não conseguia sair de casa e ir à baixa da minha cidade sozinha, coisa que hoje em dia já consigo!

Este prémio poderá trazer mais turistas com mobilidade reduzida a Portugal? Espero que sim e tenho a certeza de que vão gostar e ser bem recebidos.

Temos museus, mosteiros, palácios e muito mais para visitarem do mesmo modo que o fazem noutros países.

Estive em Oslo num hotel com quarto adaptado. Longe de estar perfeito, e para chegar ao edifício onde se encontrava, o caminho era feito em pedra de gravilha onde dificilmente andei mesmo com ajuda do meu marido.

Há dois anos estive num hotel em Grândola, o Sobreiras, e fiquei muito espantada quando me disseram que, ao fim de alguns anos, eu fui a primeira cliente a pedir um quarto adaptado. Estive depois num turismo rural em que tinham desadaptado o quarto pois nunca ninguém o tinha pedido e outros clientes recusavam ficar neste quarto,. Aqui, fiquei incrédula!

Venham, venham muitos turistas com mobilidade reduzida para Portugal que não vão ficar assim tão desapontados! Por mim, acho óptimo até porque a procura faz a oferta!

Portugal não é o melhor destino turístico acessível do Mundo mas vamos trabalhar para que venha a ser e não está assim tão longe de o ser, se atendermos ao que se tem vindo a fazer neste domínio.
Com um pouco mais de empenho e vontade lá chegaremos, em pleno!

JustGo!!

Author

Write A Comment

error: Content is protected !!